Notícias

Os próximos 10 anos começam agora

InterElos participa de Workshop de Planejamento Estratégico com os cooperados da Amazonbai

É inegável que um bom planejamento pode diminuir os riscos de qualquer empreendimento e evitar problemas futuros. Planejar detalhadamente é um dos pilares do Instituto InterElos e isso pode ser observado no início de cada projeto, quando o time de consultores faz um mergulho profundo em uma região a fim de ouvir os atores locais. Esse mergulho coordenado facilita a construção de visão, missão e valores, além de criar estratégias mais assertivas e soluções criativas para enfrentar os inúmeros desafios regionais. Após quatro anos da criação da cooperativa Amazonbai, quando os próprios cooperados escolheram o açaí como a principal cadeia produtiva a ser desenvolvida no território e o grupo deu passos importantes no sentido de se estruturar, é chegada a hora de olhar para frente. Bem para frente.

A cooperativa, que reúne a produção de açaí dos territórios do Bailique e Beira Amazonas, vem se organizando para alçar voos cada vez maiores. Até aqui os avanços foram muitos, como a construção da agroindústria de processamento de açaí, a conquista dos selos FSC® – Forest Stewardship Council® de Manejo Florestal (FSC-C131371), Cadeia de Custódia (FSC-C131371) e Serviços Ecossistêmicos. Além do apoio do Fundo JBS pela Amazônia, conquistado em 2021, e do desenvolvimento de um fundo patrimonial pioneiro voltado para garantir a auto-suficiência das Escolas Famílias da região que promovem educação técnica no campo. Mas e se pensarmos nos próximos anos? Como estarão essas comunidades tradicionais, por exemplo, daqui a 10 anos? O que essas pessoas anseiam? Aonde querem chegar?

As únicas pessoas que podem responder a todas essas perguntas são os próprios cooperados. E foi assim, com o intuito de ouvir atentamente aos desejos daquele grupo, que os consultores do Instituto InterElos foram, no início de outubro, até a OCB (Organização das Cooperativas do Amapá) conduzir a primeira etapa Workshop de Planejamento Estratégico para preparar juntos os próximos passos. Foram quatro dias de imersão em que os cooperados puderam discutir questões relacionadas ao manejo sustentável, a manutenção das certificações, a gestão da agroindústria e o desenvolvimento social da região como um todo. 

Utilizando uma metodologia para desenhar o futuro de forma concreta e palpável, a facilitação do instituto incluiu, como etapa inicial do processo, uma previsão dos desafios que eles podem encontrar no caminho. Mariana Chaubet, consultora do InterElos, explica como serão os próximos passos:

“Construímos nesses dias uma primeira etapa do Planejamento Estratégico da Amazonbai, agora a diretoria e colaboradores farão uma escuta nos territórios para saber o que o que já foi definido faz sentido, obter contribuições e, posteriormente, teremos mais dois encontros para fechar uma proposta que será levada para aprovação dos cooperados na assembleia geral, que ocorrerá no fim de janeiro de 2022.” Chaubet pontua ainda que esse alinhamento de expectativas é fundamental para o sucesso do projeto. O resultado do planejamento se dará em várias dimensões: organizacional, mercadológico, social, ambiental e financeiro. Decorrerá do processo um planejamento detalhado de ações que serão acompanhadas pelo Instituto InterElos junto à direção da Amazonbai nos próximos meses.

Que em 2031 possamos ver os frutos desse trabalho em conjunto, que valoriza a conservação da floresta, promove autonomia e estimula o protagonismo da comunidade! E que a Amazonbai continue firme no seu propósito de se tornar uma referência mundial em cooperativismo na Amazônia.

Últimas notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *